Para o meu negócio crescer preciso de capital, sendo assim, faço um empréstimo na tentativa de conseguir um bom valor para investimento. Posteriormente faço o pagamento com juros, quando percebo, estou andando em círculos pois preciso de mais capital, faço novos empréstimos, novas dívidas…. Enfim, gostaria que existisse um meio de investir sem sofrer tanto…”

https://meucontadoronline.com.br/wp-content/uploads/2018/10/sofrencia-299×175.gif?1ff41e&1ff41e

Tudo bem, você não é o único! é realmente complicado levantar dinheiro para investir, sabemos que para ter sucesso no mercado é essencial apostar em publicidade e propaganda, fora os custos e despesas para manter a empresa funcionando. Acalme-se nem tudo está perdido! Se você tem uma empresa que começou a pouco tempo, com uma ideia inovadora mas precisa de capital para desenvolver seus projetos, conte com um investidor anjo!

O que é o Investidor Anjo?

Como o próprio nome diz, é um anjo advindo do céu para resolver seus problemas! (brincadeiras à parte) é uma pessoa física, normalmente um ex- empresário ou um profissional liberal com muita experiência de mercado que faz investimentos em pequenas empresas com potencial de crescimento e rentabilidade, ou seja, se você participa de uma Startup com um bom projeto, um investidor anjo pode ser o que falta para o seu crescimento.

Mas eles simplesmente investem? Por que?

É claro que eles esperam um retorno financeiro! geralmente investem e conforme a empresa cresce, adquirem uma parte nas ações. Além do investimento monetário, sugerem melhorias, apresentam os riscos e baseados em suas experiências desenvolvem métodos para alcançar o crescimento. E como se tudo isso não bastasse, normalmente eles possuem uma boa rede de relacionamentos (algo essencial para um projeto inicial).

Se não der certo, devo devolver todo o valor investido para o investidor anjo?

Não! o investidor anjo sabe os riscos que corre ao apostar em uma empresa inovadora, pois mesmo com boas ideias, no final quem determina o sucesso é o mercado, se a sua ideia não for bem aceita, ou você a aprimora e a adequa ao mercado ou simplesmente o investidor anjo para de investir.

Qual a diferença entre um investidor anjo e um sócio?

O sócio participa do quadro societário da empresa, o investidor anjo não, esta é a principal diferença, afinal ele não tem direito a pró labore, distribuição de lucros e poder de gestão. Embora ele possa sugerir ideias, procedimentos e afins, se o sócio não concordar com o que é proposto, o mesmo não tem obrigatoriedade de aceitar e aplicar as sugestões na empresa. Do mesmo modo que o investidor anjo não tem os direitos de um sócio também não tem obrigações, ou seja, se a empresa adquirir dívidas provenientes do exercício da atividade, fiscalizações, enfim, qualquer problema em decorrência do não cumprimento de obrigações, a regularização é uma responsabilidade do sócio!

Onde encontro um investidor anjo?

Existem três principais meios de encontrá-los: grupos de investidores anjos, plataformas online e indivíduos que fazem os investimentos sozinhos. Existem muitos sites que oferecem investidores anjos e normalmente o vínculo ocorre da seguinte forma: o empreendedor apresenta suas idéias para o investidor, este por sua vez avalia e se considerar o projeto promissor aceita investir (sempre mediante a negociação, existem empreendedores que deixam a empresa nas mãos do investidor, tudo deve ser acordado).

E quais são os sites e plataformas online onde posso encontrá-los?

Existem grupos e sites no Brasil destinados a empreendedores que buscam investidores anjos. Segue abaixo:

Gávea Angels : Estabelecida no Rio de Janeiro, em 2016 o Gávea Angels bateu o recorde de sua história do número de investidores associados, além de disponibilizar os investidores, eles oferecem dicas para conquistar um bom investidor. A Startup Descomplica contou com a ajuda da Gávea Angels para iniciar o seu projeto!

SP Anjos: Grupo de investidores anjos destinados a empresas nascentes no estado de São Paulo, além de ter como missão principal auxiliar novos empreendimentos, eles abrem um espaço exclusivo para troca de informações, experiências e sugestões para todos aqueles que desejam alcançar o crescimento.

Bossa Nova investimentos: Também estabelecida em São Paulo, eles acreditam que é preciso compartilhar para somar, buscam empreendimentos que já tenham receita e que estejam em busca de desenvolvimento e crescimento. Já investiram em 150 startups e pretendem investir em 1.000 até 2020.

Anjos do Brasil: Organização sem fins lucrativos cujo objetivo é compartilhar dicas e experiências tanto com empreendedores como com investidores anjos.

Floripa Angels: Grupo de investidores anjos estabelecidos em Florianópolis compostos de executivos de destaque em suas indústrias e com variadas experiências profissionais. Já se destacam na mídia, aparecendo no G1, Pequenas Empresas e Grandes Negócios, Exame, entre outros canais da mídia.

Considerando que este investidor anjo tem mais experiência, deixá-lo responsável pela gestão da empresa de modo geral talvez seja um bom negócio certo?

Esta é uma questão muito complicada, existe uma linha tênue entre a gestão do empreendedor e do investidor anjo, por isso um bom acordo é sempre recomendado. É importante ser participativo na empresa ! Afinal, se tudo der errado ( legalmente falando) é o sócio que sofrerá as consequências, concordamos que o investidor anjo tem mais experiência e isso talvez o torna um bom estrategista, mas isto não garante o sucesso! o empreendedor precisa ter uma mente inovadora, contar com um bom plano de negócios, acreditar e estar envolvido no seu projeto e talvez assim, conquiste um espaço no mercado. Em um mundo de tantas incertezas como o mundo dos negócios, terceirizar integralmente as decisões de um projeto talvez não seja a melhor escolha.

Fonte: Sebrae: Um anjo pode investir na sua idéia